PIX: o que é Pix, como funciona e como cadastrar suas chaves

25/05/2022
11 min de leitura
Equipe Dindim
25/05/2022
11 min de leitura

Quer saber o que é Pix e como funciona esse novo jeito de fazer transferências e pagamentos? Fica aqui com a gente que vamos responder as suas principais dúvidas sobre o assunto!

O Pix foi criado pelo Banco Central para descomplicar os pagamentos instantâneos.

Vem aprender dindim por dindim o que é Pix, como funciona esse método de pagamento e como cadastrar suas chaves.

O que é Pix

Pix é o pagamento instantâneo brasileiro criado pelo Banco Central.

O Pix é um novo jeito de pagar e receber dinheiro em apenas alguns segundos em qualquer dia do ano – inclusive feriados – sem nenhuma restrição de horário ou de valor.

Isso mesmo. Nada mais de esperar o dinheiro “cair na conta” ou de pagar taxas para transações entre bancos diferentes.

Isso porque, além de ser instantâneo, o Pix é prático e descomplicado. Todas as movimentações podem ser feitas com apenas alguns cliques direto do celular, mesmo que o pagador seja correntista de um banco diferente de quem vai receber o valor.

Quem criou o Pix

O Pix foi criado pelo Banco Central do Brasil, lançado em outubro de 2020 e funciona desde novembro do mesmo ano. O sistema de pagamento nasceu para tornar as transferências digitais mais ágeis e simples.

Especificamente, a ideia do Pix foi do presidente do BC, Roberto Campos Neto. Quem executou o projeto e deu vida ao mecanismo foi Carlos Eduardo Brandt, que também ocupava um cargo de chefia no banco e hoje encabeça o time que cuida do Pix.

Não é necessário baixar um aplicativo específico para utilizar o Pix. A modalidade de pagamento está presente nos aplicativos dos próprios bancos.

Como funciona o Pix

Entender como funciona o Pix é simples: cada pessoa ou empresa será identificada pela chamada Chave Pix. Com essa identificação, é possível receber ou fazer pagamentos instantâneos sem precisar digitar todos os dados de uma conta. 

Como cadastrar o Pix

Para cadastrar o Pix basta entrar no aplicativo do seu banco e seguir as instruções. Apesar de variar de uma instituição para outra, basicamente cadastrar o Pix significa criar uma chave de acesso – que pode ser seu email, seu CPF ou seu telefone, por exemplo.

Com essa chave de acesso, não é necessário passar número de conta e agência para as pessoas lhe transferirem dinheiro, ou vice-versa.

Basta informar a chave Pix e, por meio dela, receber ou depositar. 

Veja o passo a passo para cadastrar o Pix.

  1. Entre no aplicativo do banco em que você tem conta.
  2. Localize a opção Pix no menu de serviços.
  3. Escolha uma chave Pix para utilizar – pode ser seu telefone, CPF, e-mail. Alguns bancos permitem que você escolha mais de um. Há também a  possibilidade de gerar códigos numéricos.
  4. Preencha os campos indicados.
  5. Geralmente, você recebe uma confirmação por e-mail ou nas próprias mensagens do banco de que seu Pix está cadastrado. Não costuma demorar mais de um dia.

Pronto, agora você está cadastrado e sempre que precisar receber um pagamento por Pix poderá informar sua chave para que lhe transfiram dinheiro.

Da mesma forma, quando você precisar transferir dinheiro para alguém, basta pedir a chave Pix da pessoa e por meio dela passar a quantia combinada.

O que é a chave Pix

Segundo a definição do Banco Central, a chave Pix é um “apelido” utilizado para identificar sua conta. Ela representa o endereço da sua conta no Pix. A chave é individual para pessoas físicas ou empresas.

A chave Pix pode ser:

  • CPF/CNPJ
  • E-mail
  • Número do celular
  • Chave aleatória

A chave Pix aleatória é uma sequência de 20 dígitos gerada pelo próprio Banco Central sem usar nenhum compartilhamento dos seus dados pessoais no momento da transação.

Como cadastrar uma chave Pix

Você pode cadastrar suas chaves por meio do aplicativo do seu banco, é bem fácil. Abaixo você aprende o passo a passo de como cadastrar sua chave Pix no SumUp Bank.

Quantas chaves Pix cada pessoa pode ter

Cada pessoa ou instituição pode cadastrar no máximo 5 Chaves Pix, podendo repetir o tipo de identificador.

Por exemplo: você pode ter 2 chaves com e-mails, 2 com números de celular e 1 aleatória! Mas, fique atento, cada uma delas só poderá estar associada a uma conta bancária. 

Diferentes identificadores, porém, podem ser registrados em diferentes instituições.

Ou seja, dá para ter uma chave Pix com o seu CPF em um banco e o seu e-mail em outro banco. Além disso, a sua decisão de cadastrar uma chave não é definitiva e poderá ser transferida depois que a novidade passar a valer. 

O Pix é seguro?

Sim, o Pix segue uma série de normas de segurança do BACEN e todas as instituições cadastradas tem que seguir essas normas de segurança.

Como estornar um Pix

Para estornar um Pix basta clicar em cima da transição e depois em “devolver valor”. O caminho pode variar de um banco para outro, mas de modo geral é simples assim.

Ao selecionar essa opção, o dinheiro será devolvido para a conta de origem sem custo para quem recebeu.

Como fazer transferência pelo Pix

Para fazer transferência pelo Pix basta entrar na sua conta do banco, selecionar a opção de Pix e selecionar a forma como você deseja transferir: pela chave Pix da pessoa ou por um código gerado na hora, que ela te deve te passar.

Se for pela chave, basta colar a identificação e descrever o valor. Depois, conferir e enviar.

Se for pelo código, basta colar no campo indicado a sequência de números, conferir os dados de quem vai receber e confirmar.

Qual o limite do Pix

O limite padrão do Pix é de até R$1.000,00 por dia no período noturno, que vai das 20h às 6h ou das 22h às 6h, de acordo com a escolha do cliente.

Durante o dia, os valores dependem do tipo da conta corrente e das opções dadas pelo banco ao usuário.

É possível aumentar o limite diurno e noturno, solicitando novos valores para o banco pelo próprio aplicativo. No entanto, é recomendável que os limites permaneçam baixos para o período da noite, para aumentar a segurança do usuário.

Como fazer Pix com cartão de crédito

Para fazer Pix com cartão de crédito, basta entrar na área Pix da sua conta e na hora de selecionar de onde o valor será debitado, escolher a opção de cartão de crédito.

Vale lembrar que para isso é necessário ter limite no cartão e ficar atento às taxas do banco.

Como cancelar um Pix

Um Pix não pode ser cancelado porque é um método de pagamento que funciona praticamente em tempo real.

Ou seja: poucos segundos depois de efetivar a transferência, o dinheiro já sai da conta de quem transferiu e cai na conta de quem deve receber.

No entanto, existem alguns mecanismos que você pode adotar caso seja vítima de um golpe, fraude ou transferência por engano.

Quando o Pix não cai na conta o que fazer?

Quando o Pix não cai na conta do seu destinatário, você deve entrar em contato com o banco para que possam averiguar o que ocorreu.

O Pix é uma transferência que acontece em até 10 segundos e pode demorar até uma hora, quando o banco precisa fazer alguma verificação. Se passar desse período, aí sim, é recomendável entrar em contato com o banco. 

Como fazer uma transferência via Pix

Para fazer uma transferência, por exemplo, você precisará informar apenas a chave Pix da pessoa que irá receber o valor – o mesmo é válido quando outra pessoa for transferir dinheiro para sua conta.

Ou seja, dá para comprar e vender com muito mais rapidez e segurança.

Por que usar o Pix no meu negócio?

O novo meio de pagamento instantâneo é um parceiro do seu negócio principalmente porque receber o dinheiro das vendas será mais rápido e mais barato. 

Com a sua maquininha ou aplicativo da SumUp, por exemplo, você poderá vender simplesmente disponibilizando um QRCode para o cliente.

Outra opção será compartilhar a chave Pix para que o consumidor transfira o valor, que em poucos segundos estará na sua conta!

Fazer compras com o pix também vai ser mais fácil e rápido. Por isso, você poderá pagar os fornecedores do seu negócio que aceitarem o novo meio de pagamento tanto pelo QR Code disponibilizado por eles, quanto por transferência via Chave Pix – que, neste caso, poderá ser o CNPJ da empresa, por exemplo.

Por que o Pix vai transformar a sua vida financeira?

Hoje, para enviar dinheiro para outra pessoa ou instituição, existem algumas soluções, como a transferência bancária. Para fazer pagamentos, há opções como o cartão de débito e o conhecido boleto.

Cada uma dessas formas de pagamento e transferência de dinheiro, porém, tem seus custos e prazos para que as transações sejam realmente efetivadas – e algumas delas nem sempre são aceitas em compras online. 

Podemos comparar algumas dessas soluções de pagamento com o Pix.

A diferença entre Pix e o TED ou o DOC, por exemplo, começa com as taxas, e inclui também o tempo de espera para o dinheiro “cair na conta”, além da existência de um limite de valor que pode ser transferido.

Ted e Doc

O TED (Transferência Eletrônica Disponível) não tem valor máximo e chega a ser mais rápido que o DOC (Documento de Crédito), mas ainda assim pode não estar disponível entre contas de bancos diferentes depois das 17 horas. Já o DOC só permite transferências de no máximo R$ 4.999,99 e tem um dia útil para ser processado – isso quando não é feito muito tarde da noite, o que pode fazer com que o dinheiro só caia no segundo dia útil.

E se você está se perguntando ‘Pix ou débito?’, saiba que, apesar do débito também ser descontado no mesmo momento da conta de quem está pagando, é possível que a pessoa ou a empresa que vai receber o dinheiro precise pagar uma taxa pela transação.

A compra online também ressalta a diferença entre Pix e débito, já que nem sempre os negócios digitais aceitam o pagamento com a segunda opção. 

Ou seja, é larga a vantagem do Pix tanto em comparação com o TED e o DOC quanto com o pagamento com cartão de débito, né?

Pix + SumUp

Sabe o melhor? Pagar e receber dinheiro com Pix é gratuito na SumUp, mas em outras instituições pode ter algum custo para empresas.

Pela maquininha: apresente o QR code do Pix na tela da SumUp On ou SumUp Total para que seus clientes façam o pagamento usando o celular.

Pelo link de pagamento: além de vendas no crédito, você oferece Pix com taxa 0% para vender pelo aplicativo da SumUp usando apenas seu celular Android.

Se você ainda está se perguntando como e por que o Pix vai transformar as suas finanças, imagine o quanto você poderá economizar com as taxas para fazer TED ou DOC quando for transferir dinheiro, ou em como irá receber os valores das suas vendas em poucos segundos depois que o cliente finalizar uma compra – adeus, boletos! 

Ainda tem dúvidas sobre como funciona o Pix? Deixe seu comentário!

O Dindim por dindim é o portal da SumUp feito para ajudar você a melhorar sua vida financeira. Aqui você vai aprender sobre finanças pessoais e empreendedorismo com quem mais entende do assunto. Ainda não conhece a SumUp? Venha saber mais sobre as nossas maquininhas e soluções financeiras.

Ícone de categoria
Ícone de categoria

Gostou? Comenta aqui