Como economizar no mercado: dicas práticas pra você!

31/08/2021
7 min de leitura
Equipe Dindim
31/08/2021
7 min de leitura

Quer saber como economizar no mercado? Veja nossas dicas de como fazer seu dinheiro render mais na hora de abastecer a dispensa!

Segundo o IBGE 2019, as famílias brasileiras que recebem até dois salários mínimos gastam em média 61% da renda em alimentação. Este número é espantoso e nos faz pensar em como gastar menos para abastecer a dispensa. 

Embora os preços dos alimentos sejam influenciados por inúmeras questões econômicas que fogem ao nosso controle, existem algumas formas de o consumidor diminuir o valor que gasta mensalmente com comida.

Então, se você quer saber como economizar no mercado, fique atento a essas dicas, pois vamos te explicar tudo dindim por dindim!

Como economizar dinheiro no supermercado

Alimentação é um gasto variável, ou seja, apesar de constante, não tem um valor fixo todo mês (ao contrário de uma mensalidade, por exemplo). Portanto, é possível reduzir essa conta.

Está em dúvida de como economizar nas compras do mês? Vem com a gente!

Faça uma lista de compras

Esta é uma dica um tanto óbvia, mas que muita gente ainda não segue à risca.

A lista funciona para comprarmos apenas aquilo que precisamos, além de nos ajudar a não esquecer nada.

Isso ajuda na economia porque evita duas situações: uma delas é deixar de comprar algo importante e ter que voltar ao mercado, o que costuma gerar mais gastos, e a outra é que, quando levamos a lista a sério, evitamos cair em tentação com algum produto de que não necessitamos. 

Ao fazer a lista, em casa, estamos mais relaxados e sem pressa e, assim, conseguimos pensar melhor sobre o que precisamos e em qual quantidade.

Dê uma boa olhada na geladeira e na dispensa e avalie o que está faltando e o que sobrou da última compra. A partir daí, você vai ter uma ideia de quanto será preciso comprar de cada coisa.

Daí, quando estiver no mercado, não compre nada que não esteja listado.

Inclusive, a gente fez um passo a passo pra você fazer uma lista de compras de supermercado barata.

Não vá ao mercado com fome 

Você já deve ter cometido esse erro pelo menos uma vez e sabe qual é a consequência. Quando vamos ao mercado com fome, ficamos com vontade de comprar tudo!

O carrinho fica cheio de ingredientes que costumam nem mesmo formar uma refeição juntos. Isso também nos deixa mais propícios a comprar besteirinhas e doces que não compraríamos normalmente.

Vá sem pressa

A pressa é inimiga da perfeição nesse quesito também. Se estamos preocupados com o tempo, deixamos de prestar atenção no preço e na quantidade das coisas. É sempre bom ir com calma ao mercado. E, de qualquer forma, a lista já vai te ajudar a deixar as compras muito mais rápidas.

Evite levar crianças ao mercado

Crianças são mais suscetíveis aos truques publicitários das embalagens chamativas. Sabendo disso, os produtos que elas mais gostam, como bolachas e chocolates, ficam dispostos bem ao alcance dos pequenos, que acabam insistindo para os pais comprarem.

Se não for possível deixar a criança em casa, leve-a bem alimentada e combine de comprar um item específico para ela, que já estará na sua lista. 

Monte um cardápio

Esta dica não é boa apenas para a saúde do seu bolso, mas também para a do seu corpo! O planejamento é o melhor amigo da economia, especialmente se você escolhe misturas baratas.

Fazer uma lista dos pratos da semana ou da quinzena ajudam a família a se alimentar melhor e, de quebra, ajuda a montar a lista de compras. 

Compare os preços dos supermercados

Pesquise os preços dos mercados da sua região. É muito importante saber qual deles te oferece o melhor custo-benefício. No site do Proteste você pode comparar os preços da sua região com base em sua lista de compras. Uma mão na roda!

Como economizar na feira

Dê preferência aos alimentos da época, porque eles tendem a estar mais baratos que os demais, e coloque algumas opções de substituição. Por exemplo, se a rúcula estiver cara, troque-a por outra hortaliça.

Se você for à feira-livre, uma boa forma de economizar é chegar depois do meio-dia, na famosa “hora da xepa”, em que o preço dos produtos caem para que os feirantes não tenham prejuízo.

Os mercados também costumam ter um dia, como quarta ou quinta-feira, com promoções para frutas, verduras e legumes frescos.

Como economizar no açougue

Uma forma de economizar na hora de comprar carne é estar aberto às possíveis substituições. 

Carnes de segunda podem ser excelentes opções para substituir cortes nobres e, se bem preparadas, ninguém vai perceber a diferença.

Uma boa ideia para a economia neste setor é procurar receitas de partes menos populares, como a língua, por exemplo, que é muito comum na culinária mineira, ou o peito de boi.

Estes itens costumam ter preços melhores. O mesmo vale para o frango: moela, pé e pescoço podem dar excelentes guisados e caldos. A carne de porco tende a ser mais barata que a carne de boi e igualmente saborosa. Pedaços como bochecha e joelho podem ser boas opções para economizar.

É importante ficar de olho em alguns pontos.

Por exemplo, peças com osso costumam ser mais baratas que as desossadas, mas é preciso ver se vale a pena, já que você estaria levando menos carne por quilo

O mesmo vale para a carne congelada, que pode contar com o peso do gelo no preço do quilo.

Você também pode pedir a parte mais magra de uma peça de carne, para não pagar pelo excesso de gordura.

Varejo ou atacado: o que vale mais a pena na hora de fazer as compras?

A resposta para esta pergunta é: depende. Para algumas pessoas, o varejo pode ser uma opção mais cômoda, enquanto o atacado chama atenção pelo preço. 

Quando é melhor comprar no atacado?

Quando a família é grande, a melhor pedida é fazer a compra no atacado, pois há bons descontos para produtos comprados em grande quantidade. Também pode ser vantajoso para as compras mensais.

Mas, o que comprar nas compras do mês? De preferência, produtos secos e com validade longa, como os mantimentos essenciais da cesta básica: arroz, óleo, farinha e etc.

Produtos de limpeza e higiene também saem mais baratos no atacado, e podem ser comprados para dois ou três meses, a depender de quão boa está a oferta.

É preciso pesquisar bastante para ver qual é o melhor atacado para fazer compras na sua região.

Quando é melhor comprar no varejo?

Os mercados de varejo costumam ficar mais próximos de áreas comerciais, por isso pode compensar mais para famílias pequenas ou que não tenham espaço na dispensa para estocar uma grande quantidade de produtos.

O varejo também é uma boa pedida para compras de última hora ou para a feira semanal.

Vídeo: 10 dicas para economizar no supermercado

A Patricia Lages, do canal Dicas de Economia, fez um vídeo com os principais conselhos pra você economizar na hora das compras.

💰 Aplique essas dicas no dia-a-dia e veja a diferença nos seus gastos no mercado.

Gostou do nosso artigo sobre como economizar no mercado? Conta pra gente nos comentários!

Ícone de categoria
Ícone de categoria

Gostou? Comenta aqui